IT Dept.

E aí que eu não postei na quinta. Grandes merda. Estava muito ocupado fazendo sexo trabalhando e/ou dormindo.

Mas como vocês me amam,

https://bomdiaflowers.files.wordpress.com/2014/03/susana-curriculo.gif

todos me amam

vim contar aqui como foi meu feriadão de carnaval, mas só a parte que interessa. Vocês não querem saber o resto 🙂

O boy e eu fizemos um joguinho WEEEEEEEEEE

Lembram da game jam? Pois é – não precisa ir na PUC uma vez por ano apenas pra fazer game jam, dá pra fazer em casa, igual pizza (não que eu vá deixar de ir nas próximas game jams na PUC, tá?)

E bem, começamos a nossa game jam sábado à noite, beeeeeeem à noite, escolhendo um tema.

E o tema foi surpresa… pra gente não saber qual seria antes de começar a trabalhar, euzinho resolvi umas semanas antes que nosso tema seria o primeiro tema para jogos dado pelo experimentalgameplay.com. Adivinha o que era?

Failure Theme

tradução: falha, erro

Tema meio fodinha, viu? Mas bem melhor que o da Global Game Jam, que ficou mega amplo e acabou perdendo a graça.

Fizemos um brainstorming bem básico, debatemos um pouquinho, e mais ou menos montamos como seria o jogo nas nossas cabeças. E foi só no sábado.

Domingo dormimos literalmente o dia inteiro, começamos a trabalhar perto de 17h, ele na arte visual, e eu na “programação”. Sabe que ferramentas a gente utilizou? Construct 2, e Paint! Sim, Paint! 🙂

Trabalhamos domingo até umas 3h da manhã, e terça novamente, de tarde até umas 3h da manhã. Terça fomos no mercado de madrugada comprar pizza, sempre foi meu sonho ir no mercado às 3h da manhã ❤

E guess what? O jogo ficou pronto! E ficou ÓTIMO!

IT Dept.

tela inicial do jogo

Sério, deu tempo de fazer tudo, e ficou muito divertido! É um jogo bem difícil, acho que vocês deveriam jogar… é só clicar aqui, de preferência usando o Google Chrome, que roda o jogo mais rápido do que os outros browsers.

A Chuck tentou jogar e não gostou, por exemplo, por estar tudo em inglês. Então eu vou resumir a ideia: você é o chefe do departamento de TI de uma empresa, e tem que resolver os tickets. Você recebe os tickets pelo telefone, e a pessoa que estiver precisando de ajuda vira uma janelinha vermelha no prédio. Pra resolver o problema são três opções: Passar antivírus, Arrumar a internet ou Trocar o equipamento. Claro que como os usuários em geral não sabem o que está acontecendo, a pessoa de TI tem que adivinhar o que é o problema.

E por aí vai… até o ponto em que o telefone não para de tocar. O jogo acaba quando existirem mais de 50 tickets em aberto (janelas vermelhas), e o jogador é demitido.

Fired

TÁ DEMITIDO!

E como o mundo gira em torno do Facebook, dá pra jogar o jogo lá também, e curtir a fanpage, e compartilhar score lá (e no twitter também).

Legal né?

Adorei o resultado, foi muuuuuito mais legal do que a Global Game Jam ^^

E agora, lindos, por favor, joguem e compartilhem e curtam e etc, please 😀

Prestigiem aí o trabalho dos game developers de garagem 🙂

Bom jogo pra vcs, e boa noite lua boa noite stars!

Anúncios

global game jam

OE GALERE

Depois de uma folguinha do blogs, que coincidiu com as férias do meu chefe e uma estada da chuck aqui em casa, eis que surge novamente EUZINHO aqui pra contar como foi a global game jam que aconteceu em janeiro ainda, no final de semana passado. Nada atrasado o post, né? rss

Eu fiz e refiz esse post sobre a game jam, e quando eu tinha finalmente terminado um postmortem do jogo feito lá, eu resolvi que não queria postar aquilo e apaguei. Porque afinal, o jogo não ficou pronto… o certo é fazer um postmortem de um jogo quando ele está pronto, mas já que não ficou pronto, vamos esquecer o postmortem.

Então vamos à história…

Minha primeira Global Game Jam. Minha primeira Game Jam, per se.

Logo Global Game Jam

ói que buni a logo desse ano 🙂

Eu não sabia como funcionava, não sabia o que esperar, não sabia o que ia acontecer, não sabia o que levar… portanto, todos os pré-requisitos para uma boa aventura preenchidos. Levei tudo que imaginei que fosse útil, trocentos cabos, carregadores, adaptadores, papeis, equipamentos, etc, só não levei roupa e colchão porque decidi dormir em casa. O que aliás, foi muito bom, como disse o organizador: “não é Big Brother, galera”.

O evento estava marcado para as 17h da sexta-feira, e ao chegar na PUC, nossa sede aqui em Curitiba, logo na hora de se registrar, a pessoa podia preencher suas habilidades no crachá, o que eu achei uma ótima sacada, VEJÃO as minhas:

Habilidades

AI CHEIO DAS HABILIDADE

Mas ó, eu só não usei a habilidade de roteiro, o resto eu usei bagarai na jam toda.

Enfim… chega, preenche, etc, encontra um lugar pra sentar, espera…. espera… espera… espera… espera…

18h começou a palestrinha inicial, e finally saiu o tema, que foi o seguinte:

Tema GGJ

Nós não vemos as coisas como elas são, nós vemos as coisas como nós somos

Ai, quer saber? Não gostei. Muito difícil… mexer com realidades e pontos de vista não é algo pra 48h- de trabalho né?

Pois é. Mas não tinha o que fazer.

Me arrumei numa equipe ali (mãe, eu socializei!), e bora trablhar… brainstorming durou tipo uma hora, uma hora e meia, e eu tentei dar uma de game designer e formalizar os elementos do jogo, mas ninguém quis me ajudar, então ok, vamos fazer na louca mesmo.

E eu fiz a parte que eu mais gosto na hora de fazer jogos: música e level design. Fiz um bocado de levels pro nosso jogo VEJÃO

Levels

mosaiquinho dos levels que eu desenhei ❤

Eu sou foda né? ^^

Pois é, isso tudo eu desenhei no sábado, e depois comecei a fazer a música, que aliás, também ficou ótima ❤

E uma das melhores partes: teve pizza de graça, patrocinada pela Unity… e sabe quantas?

120 pizzas.

Topo da torre de pizza

isto são 120 pizzas

Base da torre de pizza

ok, agora são 120 pizzas

Fodástico né? 😀

MASSSSSSSS nem tudo foi maravilhoso… por motivos de falta de tempo e um pouco de atrito na equipe, o jogo acabou não ficando pronto. A fase do segundo desenho da esquerda, e do último desenho da direita, que eram super importantes pra passar o clima do jogo, não ficaram prontas dentro da Unity, que foi usada pra montar o jogo, e esse motivo já foi suficiente pra deixar o jogo incompleto. Some-se a isso alguns bugs, e uns efeitos sonoros que foram adicionados errados ao jogo (eu fiz TANTOS efeitos sonoros, ficaram ótimos, mas não tem nem 10% na última versão do jogo), e adivinha? O jogo ficou uma bosta.

Nem vou postar link pra vcs jogarem nem nada, foi super frustrante, e quando eu cheguei em casa, até tive que desabafar, porque afinal, se o jogo ficou uma bosta, é culpa do game designer né… o som também ficou uma bosta, culpa do designer de som… os levels ficaram incompletos, culpa do level designer… ou seja, é como se eu só tivesse feito merda na jam, e não foi bem assim… se eu colocar no meu portfolio, vira queimaceira…

Mas a arte do jogo ficou bonita ao menos 🙂

Ròga

nosso incompleto jogo se chamou Ròga

Anyway, fica o aprendizado. Dicas pras próximas jams:

1 – Não precisa mesmo dormir no local, dá pra ir dormir em casa tranquilamente.

2 – Se é sua primeira jam, tente se juntar a uma equipe que tenha alguém com alguma experiência. Pessoas com experiência tem mais noção de quanto é 48h para fazer um jogo.

3 – Se é sua primeira jam, tente NÃO se juntar a uma equipe que tenha alguém com muita experiência. Pessoas com experiência acham que o próprio feeling é melhor que o dos beginners, e decide coisas por si só sem consultar ninguém, e também corta a criatividade dos outros.

4 – Se estiver com medo de ir, esqueça o medo e vá. No mínimo você vai sair de lá com contatos novos pros seus próximos jogos. Eu já estou trabalhando again com os artistas da minha equipe, se o Ròga não deu certo, o próximo jogo dará 🙂

E é isso aí, galere, próxima game jam vai ser em março, mas vai ser algo pessoal… carnival game jam aqui em casa, eu e o @_Leander, estamos aceitando temas pra jogos.

QUE TAL UM TEMA DE BEIJO GAY NA NOVELA HEIN? Hahahahaha falo sobre esse assunto quinta-feira, tá? Pq pra variar vou falar sobre assunto atrasado 🙂

Beijos, galere, boa noite lua, boa noite stars, bom ver vcs aqui again ^^