triste levy fidélix

Nem sei por onde começar.

Eu queria me abster de comentários políticos aqui no blogs nessas eleições, mas não vai ter como. Não depois do que houve ontem.

Eu nem ia assistir o debate, eu estava é mais feliz jogando Child of Light, que eu comprei original pro meu WiiU que também é bloqueado, etc, etc, tudo com imposto pago e sem pirataria. Porque né – trabalho e pago imposto como todo brasileiro.

Child of Light

jogo mais lindo do ano, aliás

Mas aí dada a insistência da Chuck e do @_Leander eu desliguei o videogame, e liguei o debate, e liguei meu notebook pra traduzir um artigo da Hilgames que eu pretendo publicar hoje no blog. Ou seja – estava TRABALHANDO, porque né – trabalho e pago imposto como todo brasileiro.

Nem prestei muita atenção, porque o debate estava parecidísismo com os anteriores, tudo meio igual com Dilmarinaécio, etc. Mas não passaram cinco minutos depois de eu ter ligado a TV, e Luciana perguntou ao Fidélix

Luciana Genro

Por que pessoas que defendem a família se recusam a reconhecer como família pessoas do mesmo sexo?

E aí deu-se a desgraça:

Levy Fidélix

essa tarântula é de estimação, candidato?

Vamos à transcrição da fala dele, que eu copiei dessa página pq deu preguiça de escrever sozinho.

“Jogou pesado agora, hein. Nessa aí você jamais deveria entrar, economia tudo bem. Olha, minha filha, tenho 62 anos, pelo que eu vi na vida dois iguais não fazem filho. E digo mais, desculpe, mas aparelho excretor não reproduz. É feio dizer isso, mas não podemos jamais, gente, eu que sou um pai de família, um avô, deixar que tenhamos esses que aí estão achacando a gente do dia a dia, querendo escorar essa minoria, à maioria do povo brasileiro. Como é que pode um pai de família, uma avô, ficar aqui escorado porque tem medo de perder voto? Prefiro não ter esses votos, mas ser um pai, um avô, que tem vergonha na cara, que instrua seu filho, que instrua seu neto. E vou acabar com essa historinha. Eu vi agora o santo padre, o Papa, expurgar, fez muito bem, do Vaticano um pedófilo. Está certo. Nós tratamos a vida toda com a religiosidade pra que nossos filhos possam encontrar, realmente, um bom caminho familiar. Então, Luciana, eu lamento muito. Que façam bom proveito se querem fazer e continuar como estão, mas eu, presidente da República, não vou estimular. Se está na lei, que fique como está, mas estimular jamais a união homoafetiva”.

E na tréplica:

“Luciana, você já imaginou que o Brasil tem 200 milhões de habitantes. Se começarmos a estimular isso aí daqui a pouquinho vai reduzir pra 100. Vai pra Paulista e anda lá e vê, é feio o negócio, né. Então, gente, vamos ter coragem, nós somos maioria, vamos enfrentar essa minoria. vamos enfrentar, não ter medo de dizer que sou pai, mamãe, vovô. E o mais importante é que esses, que têm esses problemas, realmente sejam atendidos no plano psicológico e afetivo mas bem longe da gente, bem longe mesmo por aqui não dá”.

Depressive feelings

Depressive feelings mimimi

Sério, homofobia dói.

Muito.

Porque é algo gratuito.

O que foi que fizemos contra as pessoas?

Gays trabalham, gays pagam impostos, gays movimentam economia, e gays amam também, por que então tem que ser desrespeitado? Por que ter direitos reduzidos? Por quê?

Sério, não fiz nada de mal, não prejudiquei ninguém, pelo contrário, ajudo sempre que posso. Então por que isso?

RIP respeito.

Anyway, só vou conseguir trabalhar direito hoje – SIM! EU TRABALHO! Olha que coisa, né? Pago imposto descontado em folha e tudo, pago até imposto de renda! – se eu realmente desconstruir isso aí. Não é nem pelos colegues que estou fazendo isso, é por mim mesmo, que acordei só pensando nisso, e lembrando daquela notícia que saiu esses dias de um gay sendo “purificado” por religiosos, o que significou atear fogo ao rapaz, porque é gay. Não vou conseguir me concentrar hoje se eu não me defender aqui do discurso do candidato (porque ser gay é isso, é se defender o tempo todo, porque o tempo todo tem alguém rindo, alguém achando feio, alguém olhando torto, ou pior, agredindo, batendo, matando).

Vamos lá:

“dois iguais não fazem filho. E digo mais, desculpe, mas aparelho excretor não reproduz.” – colega, não é só gay que ~não reproduz~, a base do casamento (com exceção de algumas religiões) não é a reprodução, senão pessoas estéreis, mulheres na menopausa, homens na andropausa, e pessoas que NÃO querem ter filhos não poderiam se casar. E apesar de ~aparelho excretor~ não reproduzir, o senhor certamente já teve curiosidade de colocar o seu ~aparelho reprodutor~ no ~aparelho excretor~ de outra pessoa. Se é que não colocou né, não sei. E nada de mal aconteceu por isso.

“Prefiro não ter esses votos” – certamente não terá, depois dessa.

“mas ser um pai, um avô, que tem vergonha na cara, que instrua seu filho, que instrua seu neto.” – caríssimo, eu tenho bastante vergonha na cara, trabalho, pago impostos e faço tudo que uma pessoa ~com vergonha na cara~ faz. E certamente não sou gay por falta de instrução, eu tenho até pós-graduação, penso em fazer mestrado e tudo. Meus pais, ou já que você quer falar da figura masculina, meu pai me educou muito bem, e tem muito orgulho da minha instrução, chorou na minha formatura e tudo. E ele, que foi caminhoneiro (e pobre), consertava o próprio caminhão, e me chamava pra ajudar. Então eu passei várias horas da adolescência com as mãos cheias de graxa fazendo algo bem ~masculino~ que é consertar caminhão. E continuo gay.

“Eu vi agora o santo padre, o Papa, expurgar, fez muito bem, do Vaticano um pedófilo. Está certo.” – BOA! Concordo, tem que expurgar um pedófilo sim, pedofilia é crime, não tem só que expurgar, tem que prender. MASSSSSS o que isso tem a ver com homossexualidade? É triste que essa comparação tenha sido feita, porque uma coisa nada tem a ver com outra. Inserindo falácias no meio de um discurso de ódio, que nonsense (além de agressivo).

“pra que nossos filhos possam encontrar, realmente, um bom caminho familiar.” – é um dos meus anseios de vida, casar, ter duas crianças (provavelmente adotar crianças rejeitadas por pessoas heterossexuais que as fizeram sem usar o ~aparelho excretor~) e um ou mais cachorros, numa casa com cerquinha branca e etc. Espero mesmo que seja esse o meu caminho. Again, nada a ver uma coisa com outra.

“o Brasil tem 200 milhões de habitantes. Se começarmos a estimular isso aí daqui a pouquinho vai reduzir pra 100” – parece piada que uma pessoa acredite verdadeiramente que gays vão fazer com que a reprodução dos humanos acabe e a espécie termine. Bizarro, essa nem tenho argumentos, porque a própria afirmação dele não fez sentido.

“Vai pra Paulista e anda lá e vê, é feio o negócio, né.” – eu passei na Paulista uma vez na vida apenas, e fiquei tão abismado com a beleza da arquitetura do MASP que não vi nada mais. Não achei o tal negócio feio.

“Então, gente, vamos ter coragem, nós somos maioria, vamos enfrentar essa minoria.” – WHAT? De novo – o que foi que fizemos de ruim para ~a maioria~? O que ~a maioria~ perde ou ganha com isso? E enfrentar significa o quê? Pra mim esse enfrentar significa um chamado à violência, significa “vamos agredir, vamos extinguir, vamos matar até o último”.

“E o mais importante é que esses, que têm esses problemas” – problemas? Problema é homofobia, problema é queimar pessoas por orientação sexual, atacá-las com lâmpadas, assassinar, agredir, rir, e achar que é certo fazer todas essas coisas. Isso é um problema.

“realmente sejam atendidos no plano psicológico e afetivo mas bem longe da gente, bem longe mesmo por aqui não dá” – o candidato sabe que não existe ~tratamento~ psicológico para homossexualidade, né? Que não é doença, né? Então não sei que tipo de atendimento gays precisam receber. Aliás, sei sim, gays precisam receber atendimento médico após serem agredidos, por exemplo. Mas nada disso precisa ser ~bem longe~. Não é doença, nem é contagioso nem nada. Não precisa ser bem longe porque não vai pegar. Mas pode ter certeza, que agora quem quer ficar bem longe do senhor, são os gays. Pra não serem contagiados pela estupidez desse discurso.

Porque é com base em discursos como esse (e vários outros, claaaaaro, Malafaia/Everaldo/Bolsonaro/Feliciano/etc não deixam Levy falar sozinho) que as pessoas que agridem e matam gays assim o fazem. Justificando que estão de acordo com o que esses discursos pregam. “Vamos enfrentar essa minoria”. E aí criminosos enfrentam, a bala, porrete, pedaços de pau, etc, batem, matam e por aí vai. As mãos do Levy não estão sujas de sangue, mas a língua sim, a língua que inflama outras pessoas a se sujarem de sangue por ele.

Eu torço muito, mas MUITO, pra que a Luciana Genro, que é a única candidata que defende ~essa minoria~, se não ganhar, que ao menos saia do patamar dos “pequenos”, e tenha muito, muito, muuuuuuito mais do que Levy Fidelix & cia. Que ao invés de 1%, tenha 2%, 3%, 5%, 10%, 20%, 40%, 100%, quanto mais melhor. Vai, Luciana!

Ufa, pronto, agora estou de alma lavada. Agora já posso trabalhar pra pagar meus impostos em paz. Porque né – trabalho e pago imposto como todo brasileiro.

Beijos, boa tarde chuva, boa tarde flowers.

PS: Gostaria de estender a palavra “gay” usada aqui a todos os LGBTs, e todos que nem cabem na sigla LGBT, mas que merecem respeito como todo ser humano.

duas game jams de uma só vez

OE GALERE! Como vão vocês?

Eu vou bem obg, mario kart 8 comendo todo o meu tempo livre, visto que eu já comprei e já chegou e é muito fodástico ❤

Melhor jogo do Wii U que eu já joguei! (quantos tem mesmo? hehehe)

Só pra vcs verem uma das pistas, com toda a coisa que a Nintendo falou tanto, de ~anti-gravidade:

A anti-gravidade nem é a melhor parte do jogo, o melhor mesmo é a música, que é tocada por uma banda de verdade e tudo mais. O maior exemplo é a retro track Yoshi Valley, possivelmente melhor música ever de algum Mario Kart até o momento…

Quem jogou Mario Kart 64 lembra dela e agora vai poder jogar em Full HD hein, bora lá 🙂

Anyway, o assunto de ontem hoje nem era merchan do Mario Kart, mas está relacionado a games também…

O assunto é a Hilgames!

É uma pena que metade de vocês esteja cagando pra Hilgames, o que é um despautério, mas enfim: fiz (quase) um jogo neste final de semana, em nome da Hilgames. Rolaram duas game jams simultâneas, a Epic Game Jam, e a Arbitrary Game Jam, e eu participei de ambas 🙂

Foi um findi absurdamente cansativo (e estressante, dada a correria com prazo), e eu não consegui terminar o jogo, que está quaaaaaaaaaaase pronto. Falta bem pouco mesmo.

O nome do jogo é “Lanny in pieces” (Lanny em pedaços)

Lanny in Pieces Logo

isso é pra ser uma logo temporária do jogo 😛

Eu decidi fazer um jogo só pras duas jams visto que né, não há tempo para fazer dois. Mas pra funcionar isso, tinha que conciliar os temas das jams em um único jogo, e bem, foi um belo desafio.

A Arbitrary Game Jam tinha 3 temas: 2 escolhidos por um gerador aleatório de palavras e um escolhido pelo anfitrião. Eis-los: “Urticária” e “Cedente” aleatórios e “Planária” escolhido (quem escolheria isso, gente?)

E a Epic Game Jam tinha um único tema principal: “first time”. MASSSSS na Epic o desafio é incluir também subtemas, o máximo possível. E eles tiveram VINTE E SEIS subtemas, que estão todos aqui. Desses aí, eu consegui incluir: “Red-haired turtles”, “Polymorphism”, “Conversations”, “Hadouken!”, “Tentacles”, “Pineapple Pudding” e “A rare and splendid delicacy”. Sete. Foda, né?

– Mas e os resultados? E quando vamos poder jogar?

Vocês vão ter que esperar só mais um pouquinho, eu estou finalizando ele, e nos próximos dias eu publico. Então FAÇAM-ME O FAVOR de seguir a @hilgames no twitter, e dar like no Facebook também, please, porque não adianta muito vocês prestigiarem o Bom dia flowers! que não me dá lucro nenhum, e não prestigiarem a Hilgames, que não só não dá lucro nenhum, como me dá trabalho, mas que é algo que eu amo. Então fasfavor ae né.

E os resultados? Bem…

Na Epic Game Jam, mede-se as coisas em “Epic Points”, mas eu não faço ideia de como distribuem. Eu ganhei 250! Me pareceu bom, pq teve gente com -100, 10, 30, 100, 200, etc. Claro que teve um mala que fez 650 hahaha mas tá.

Lanny na Epic Game Jame

AND tem uns awards!

Eu ganhei awards de Um Cara Fez (porque eu fiz sozinho), Menção Honrosa (este jogo totalmente merece uma badge por alguma ou outra razão), Síndrome de E3 (mundo abeeeeeeeeeeeeeeeeeerto), Jogo da Internet (Gatinhos! Beleza rima com épico – em inglês rima mesmo), 10+ Subtemas (acho que essa eles contaram errado, paciência, vou me fingir de morto hahaha).

E uma badgezinha por ter entregue atrasado ❤

Acho que significa que ficou bom, mesmo incompleto né?

Bom… e a Arbitrary Game Jam era uma competição… a pessoa que estivesse organizando a jam escolheria o vencedor. E de todos os QUATRO jogos inscritos no modo competição, eu que ganhei!

Vitória na Arbitrary

WEEEEEEEEEEEE

A parte de ter só quatro competidores nós vamos fingir que ninguém sabe ok? Pra não tirar o brilho da vitória ❤

Sério, fiquei mega feliz, 2014 pra mim está sendo o ano da Hilgames, e eu to muito muito feliz por tudo isso 😀

E agora, se me dão licença, eu tenho que terminar o jogo, já que falta muito pouco mesmo né hehehe

Eu aviso vocês quando estiver pronto, a ideia é que seja antes desse final de semana 🙂

E please, contribuam curtindo a página da Hilgames e seguindo no twitter e tudo mais, né 🙂 Eu agradeço bastante 🙂

Xuxa Verde

AJUDA EU!

SIXTY FOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOUR

Oee galere, quanto tempooo! Ao que parece estamos de volta aos velhos tempos em que nem tanta aventura acontecia na minha vida e os posts eram mensais, então nem tenho escrito muito aqui por motivos de banana não né.

Apesar de na minha vida ter pouca coisa rolando, no mundo tem uma coisa: a copa.

Tá tendo copa hein? E tá tendo tanta copa que até vi pessoas nigerianas e iranianas na rodoviária esses dias (não sei fazendo o que, né, e também não perguntei).

E sinceramente, estou adorando a copa, nas horas de jogo do Brasil o escritório fica uma paz e o trânsito também, porque eu saio do trabalho tipo na metade do segundo tempo pra ir pra casa. Por mim pode ter copa, pode ter muita copa, pode ter quanta copa quiser, desde que as ruas esvaziem na hora que eu queira dirigir por elas. 🙂

Mas vamos falar de coisa boa, vamos falar de mim.

Sabem o que eu adquiri esta semana?

Um WiiU, porque um Nintendo Sixty-FOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOUR eu já tenho 🙂

WiiU

olha que lindo ❤

Componentes WiiU

OLHA QUANTA COISA VEM!

WiiU

e agora um close 🙂

O console é preto e não tem nada demais visualmente falando. O que aliás, é um mal da modernidade, todos os telefones hoje em dia são pretos com a tela igual, todos os consoles são nesse formato “grande dicionário aurélio” pretos. Antigamente o design de consoles era mais criativo, mas paciência… não comprei pra ficar admirando QUEEE CONSOLE LINDOOO, né.

E vou dizer mais uma coisa: o game pad é ENORME. Não a tela dele, a tela é normal, tamanho de um tablet pequeno. Mas ele tem mais borda do que tela, DEZOLIVRE HEIN! Que trambolho!

Anyway, VAMOS JOGAR? WIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIU!

Põe tudo na tomada, etc, etc, etc, liga o bicho, MELDELS QUERO JOGAR, VAMOS JOGAR LOGO, PORRA?

Tela inicial

ligou! ❤

Ai que demora pra poder jogar!

UPDATE?

Ah, puta que pariu, tem que fazer update ainda. Tá, vai… (19h40)

75% completo

uma hora depois (20h40)

Eu tinha lido por aí que levava tipo uma hora e meia pra atualizar tudo. E levou quase isso mesmo… arreeeeee!

Bom, FINALMENTE posso jogar, botei o disco do Mario no troço etc, bora jogar então.

O jogo que vem junto (New Super Mario Bros U) é meio mais do mesmo, apesar de as pessoas poderem postar dicas e comentários via internet, e aí elas aparecem no mapa… interessantinho, mas nada que se diga UAAAAAAAU.

Mas meu objetivo nem era jogar Mario mesmo, comprei porque entrou na promoção na saraiva por 1259 dilmas (1399 e ainda mais 10% de desconto). Eu to é esperando o futuro Zelda e Yoshi Wolly World em 2015, e também queria jogar Zelda Minish Cap pelo virtual console. Desses aí, o Minish Cap é o único que dá pra jogar, porque já foi lançado. Então vamos lá… abrindooooooo a eShop 😀

Erro eShop

?????????????

Sério, Nintendo?

Nãããão, tá de brincadeira né… affffff

Pois não tava. Não existe eShop brasileira. Não no WiiU. No 3DS não só tem eShop como é cobrado em reais! Não dá pra entender, né… tiro no pé, Nintendo!

~~~ATENÇÃO PARA A OPINIÃOZINHA DE QUINTA!~~~

Aliás, esse não é o único tiro no pé que a Nintendo está dando com o WiiU. Vamos combinar:

1 – O GamePad não é uma ideia genial, nem uma revolução como eles prometeram;

2 – Se é pra não ter eShop, então nem lancem o console no mercado do país X (tem diversos outros países com a mesma situação do Brasil);

3 – Por que tiraram suporte a GameCube? O Wii é um GameCube mais foda, e o WiiU é um Wii mais foda. Qual a dificuldade? Montem um adaptador sem fio pro controle e bingo, feito! Mas não, a Nintendo não consegue.

T Rex

o braço não alcança

Não vou falar que não tem jogos bons e inovadores porque não joguei tudo ainda que o console oferece, então seria precipitado. Mas só essa história do GameCube aí já matou, eu tenho jogos de GameCube, controle de GameCube, e não vou poder usar no WiiU. Então nem movi os dados do meu Wii pro WiiU, vai ficar lá o Wii também, provavelmente vou acabar jogando mais, já que eu tenho tipo uns 40 jogos pra Wii e três pro WiiU.

Anyway, essa história da eShop também, tem contorno (que eu suponho ser até ilegal, mas foda-se a Nintendo também). Quem quiser saber como faz, me avisa que eu explico, não é difícil.

Resumo da ópera: WiiU é um videogame de nicho. O Wii, antecessor, vendeu CEM MILHÕES de unidades porque tinha appeal geral, como teve o Super Nintendo, como teve o Playstation. O WiiU não tem esse appeal, acho que de cabeça eu sei só mais uma pessoa que tem, e é outro Nintendista, feito eu. WiiU vende só para quem quer jogar Zelda e Mario, quem quer jogar algo mais, bem, não tem… ou se tem, em geral é para Xbox e Playstation também, e aí é melhor jogar num controle “normal” do que num GamePad esquisito.

Me arrependo? Também não né 😛

Só quis contar pra vocês que eu descobri porque o WiiU não vende bem. Apesar dos pesares é um console muito bom.

Falta só a Nintendo me aceitar no programa de desenvolvimento indie deles, aí eu começo a elogiar hehehehehe

Mas isso é outra história, quem sabe para o futuro.

Então beijos, galere, bom dia sol bom dia flowers, e eu volto assim que acabar a graça do videogame novo hehehehe aguardem deitados 🙂

post único sobre amor

Em meio a tanto wondering sobre se vai ou não ter copa, se vai ou não ter protesto, se vai ou não ter greve dos ônibus, se vai ou não ter demissões (essa é um mistério mesmo!), chegamos ao dia 12 de junho, que no BRAZIL é dia dos namorados (e em nenhum outro lugar do mundo, porque né?).

Vocês aí sabem que não escrevo sobre namorado por motivos de pra não apagar post algum dia. Obviamente que eu não estou planejando apagar post, mas nunca na vida eu planejei e já tive que apagar (ou não apaguei? não lembro mais rss). Mas hoje vou abrir uma exceção e vou falar sobre amor e etc.

Só Hoje

SÓ HOJE!

Vamos começar postando fotinha com o namorado, porque é o que TODO MUNDO faz no facebook. Eu, como acho brega, faço no blogs RSSS

Bitstrips driving

OPA IMAGEM ERRADA

Ok, uma foto de verdade então:

Segure o tchan

SEGURA O TCHAN!

OK, agora que todo mundo já viu fotos, vamos à parte romântica do post: definir o amor.

Amor é não saber exatamente a data de aniversário do namoro.

Data do namoro

achei!

Amor é nem reparar que se mora a tipo mil quilômetros de distância.

Amor é não ter uma música romântica de tema pro namoro. Aliás é não ter música nenhuma, mas se tivesse, ser algo cujo clipe tem uma cena assim:

Clipe

Um ponto pra quem adivinhar qual música

L’amour, c’est boum boum boum:

Amor é fazer piadas podres:

Bitstrips wiener joke

rsssssssssssssssssssssssssssssssss

Amor é brigar por besteira:

Briga

disputa pelo pirulito SIIIIM CLARO rsss

Amor é fazer as pazes depois.

Amor é entrar em acordo sobre as tarefas da casa para os períodos juntos:

Regras da casa

– a senhora será a escrava do lar, obrigada

Louça

na minha casa a visita lava a louça

Amor é até conseguir trabalhar junto fazendo jogos!

IT Dept.

IT DEPT

Amor é bem mais que isso também.

AMOR É PARAR DE ESCONDER O MEU NOME NO SEU STATUS DO FACEBOOK PRA SUA MÃE NÃO SABER NÉ.

Amor é não saber o que comprar de presente pro namorado, cujo aniversário é em menos de um mês

😦

Por favor me ajudem com ideias!

Anyway, AMOR TE AMO e agora chega de falar de amor, e como não vamos falar de copa, bem, então boa noite lua boa noite stars, galere!

PS: Imagens (quase) todas feitas no Bitstrips, please não me processem por uso indevido, bjs

desastrinhos naturais

Sábado.

Onze e meia da noite.

Eu cochilando no sofá.

Eis que…

CABUM, BLÉÉÉM, PLOFT, BUM, CATAPLOFT, CRASH, SOC, POW, e outras onomatopéias

Cus fechando por motivos de susto magnânimo. Que barulho é esse? Eu nunca tinha ouvido. Não terminava nunca.

Vinha dos lados da cozinha e da lavanderia.

Será que o prédio estava caindo?

Será que o apartamento de cima estava desmoronando sobre o meu?

Será que que algum equipamento estava se autodestruindo?

Dez segundos de pânico silencioso e imóvel depois, o barulho passou.

.

.

.

Queridos leitores, o que vocês acham que aconteceu?

(  ) O forninho caiu

(  ) BOMBA!

(  ) Um meteoro da paixão

(  ) Tretretretretretretretretreme bumbum

(x) Os azulejos da lavanderia soltaram e levaram o armário junto

EU QUERO IMAGENS!

Armário caído

quebrou um pouquinho

Azulejos caídos

complete o álbum de figurinhas

Ninguém se feriu, nem a máquina de lavar, tá lá inteirona. Nenhum lençol rasgou, nada.

Foi só porque eu precisava de assunto pra postar aqui né 🙂

Espero que os assuntos futuros sejam desse level, nada de eu caindo, eu me quebrando, eu sendo roubado ou eu tropeçando.

Bem que o próximo assunto podia ser EU FIQUEI RICO né, mas digamos que as chances são baixas.

Então beijos galere, até a próxima catastrofinha.

Boa noite lua boa noite stars

vida bandida que acabou a macheza

MA OEE olha eu de volta depois de duas semanaaaaaaassss!

Já estamos voltando às épocas de posts esporádicos por motivos de falta de assunto, né.

Digamos que depois que furtaram o estepe do Migo… bem… nada mais aconteceu na vida.

Minha vida tem se resumido a:

Top Gear 3000

jogar jogos antigos

Vinho

beber, lógico

Panquecas americanas

comer

Ponto empresa

trabalhar até tarde

Top Gear 1

jogar jogos mais antigos ainda

Folhado doce Zezé

comer mais ainda

Farol do Migo

e tentar consertar o farol do Migo que queimou

Sem sucesso.

Esse foi o fim da minha macheza, depois de salvar o Nnovo superaquecido no meio da rodovia, eu agora decaí a ponto de não conseguir trocar a lâmpada do farol do Migo.

No fim, eu cedi e mandei na oficina fazer a revisão dos 40 do Migo.

Porque um dia os 40 chegam né… no caso dele, os 40 mil Km.

39999km do Migo

última lembrança dos 39999, meses atrás

Ai ai.

Pois é.

Parece que vai chover.

É.

Hmmmm.

Sem assunto.

Pois é.

Bom, galere, enquanto minha vida não vira 360º igual a da Carla Perez, e eu não fico rico, gostaria de dizer que estou postando de volta no blog da Hilgames sobre jogos, então vcs não vão mais ver tanto esse assunto aqui, tá bem? Eu sei que vcs acham um saco e só querem saber das desgraças da minha vida, POIS BEM, QUE BOM QUE PAROU A MERDA.

(eu acho)

Ai galera, vão lá dormir que vcs ganham mais por hoje.

Boa noite lua boa noite stars

aboquecas

OOEE GALERE!

Primeiramente gostaria parabenizar o inventor da abobrinha, este legume tão querido que eu transformei na base da minha pirâmide alimentar nos últimos dias, dada a deliciosidade deste objeto comprido e grosso.

Abobrinha

OBJETO!

Segundamente gostaria de compartilhar aqui com vocês, meus três queridos leitores, uma receitinha nova que euzinho mesmo inventei ontem, e ainda não decidi exatamente o nome: as aboquecas (nome provisório, patent pending):

Você vai precisar de:

– uma abobrinha média (definição abobrinha média pesquisar)

– um ovo

– uma unidade aleatória* de trigo

– uma unidade aleatória* de leite

– uma pitada de sal

– um adulto responsável (Chuck tá fora agora);

Tesoura sem ponta

– E uma tesoura sem ponta

*Unidade aleatória significa que você vai colocar leite e trigo pra deixar a massa na consistência de massa de panqueca, mas que eu não sei quanto é, porque há anos eu faço panqueca sem medir nada, tudo no olhômetro.

Ingredientes definidos, vamos às instruções do que fazer com eles:

1 – Fatie a abobrinha em fatias de tipo 2 a 4mm (se errar a medida, azar o seu). Se possível faça fatias em múltiplos de sete;

2 – Misture o ovo, o trigo, o leite e a pitada de sal até parecer massa de panqueca. Vai ser pouca massa, não precisa muito. Fica meio líquido mesmo, tá tudo certo até aí. Se quiser usar o liquidificador, use, mas não precisa, seja forte e bata a massa à mão;

3 – Pegue SETE fatias de abobrinha, passe na massa e coloque, uma a uma, numa frigideira untada (ou não untada, não muda muito – igual panqueca), fazendo com que vire uma flower. ASSIM Ó:

Flower de abobrinha

flower de abobrinha

Entenderam porque sete? Tá ruim de ver na fots, mas tem uma fatia de abobrinha no centro.

4 – Frite/doure/blablabla dos dois lados e TÃ-DÃ!

Flower de abobrinha pronta

flower de abobrinha prontinha 🙂

Pra quem, como eu, ama este OBJETO grosso e comprido que é a abobrinha, é um jeito de fazer panquecas mais lights e mais gostosas.

Pra quem não ama, bem, não sei pq tá lendo até o final.

DICA: Não tente virar a primeira vez como se vira panqueca, jogando! A massa fica mole em cima ainda antes de virar, então pegue uma espátula. Só vire jogando da segunda vez pra frente!

Agora, lindos, vamos votar no seu nome preferido para a receita?

Opções:

( ) Aboquecas

( ) Abobrecas

( ) Panquebrinhas

( ) Pabobrinhas

( ) ~Flowers de abobrinha

Favor preencher sua opção favorita e comentar aqui ou no feice ou no twitter.

ATENÇÃO! Respostas que incluam outras opções NÃO SERÃO CONSIDERADAS, visto que eu só aceito as minhas próprias ideias, tá? Eu que mando, esse é o meu ~chaume ❤

Aguardo seus votos, seus lindos, e boa noite lua boa noite stars!

PS: Façam aí e depois mandem fotos das desgraças que vocês tiverem feito, cada foto vale um ponto de relacionamento no Programa de Fidelidade Flowers (sigla: PFF)

promoção junta queda

Circulando pelo supermercado à procura de um Doritos, porque emagrecer tá fácil, o dito cujo não está em lugar nenhum. Só do lado dos caixas rápidos, que tinham uma fila quilométrica que durou uns 20 minutos.

E a vontade de Doritos…

E o pacotinho pequeno naquele expositorzinho com um preço irreal.

E o pacotinho médio sem preço.

E o ~pacotinho grande de 200g com preço.

E o ~pacotinho gigante de 400g…

Tá, esse não.

Peguei o pacotinho grande de 200g, provando que dinheiro compra felicidade. Até aí, quem nunca, né?

Doritos

vida longa ao inventor do doritos

Abri o ~pacotinho em casa, e comi como se não houvesse amanhã.

Até aí, quem nunca, né? [2]

Porque o sabor do Doritos supera qualquer informação nutricional te avisando que você não deve comer 200g daquilo de uma vez só, e supera também as vezes que a pessoa sai de casa sem usar cinto, pois está preenchendo a calça inteira com banha, e a zerando o risco de a calça ficar frouxa. Doritos é mais forte que isso.

Ok, até aí nada de novo no mundo, o que interessa é que lá no final do pacote tinha um papelzinho embaladinho, no qual se lia:

Promoção Elma Chips

vcs sabem ler

“juntaqueda.com.br”

Junta queda?

Seria algum tipo de concurso em que os premiados teriam que enviar vídeos de si mesmos empacotando por aí pelos chãos?

Porque sabem, que eu posso pedir pra segurança aqui pra pegar o meu vídeo da última queda…

Muito bizarra essa promoção.

Bom, de qualquer forma, abri o plastiquinho, tirei o papel de dentro e abri e descobri o que eu ganhei:

Resultado da promoção

um doritos!

Que inception, não? Nunca ganhei nada em promoção nenhuma, inclusive na época do tazo eu comprava chips e vinha sem tazo dentro, já que eu sou desses azarados. Tenho que ficar feliz que nesse pacote veio o papelzinho da promoção.

(Aliás, dúvida cruel: como seria uma máquina de colocar tazos dentro dos pacotes de chips? Ou será que eram Oompa Loompas?)

Mas e o junta queda?

Entrei no tal do site… a promoção se chama “Junta que dá prêmios”.

AAAAAAHHHHH SIIIIIIIM, agora sim!

Era só eu ter virado o papel e olhado o verso.

Gato encontrando Jesus

Estava ali o tempo todo

Já pensou se fosse “junta queda” mesmo? Eu tinha chances, sabem que eu ando caindo no estacionamento ultimamente…

No fim das contas, fui ali na banquinha de revista que era o posto de troca mais próximo, sábado de manhã sem nem tomar banho. Estava vestindo um modelito de calça xadrez e camiseta listrada, porque eu quis ser a vanguarda da moda de 2040 (vamos aguardar), e porque era a roupa que eu tinha dormido.

Troquei pelo pacotinho pequeno de doritos e comi ele no café “da manhã”, bem devagar, pra aumentar o suspense do papelzinho do prêmio. E aí misteriosamente não tinha papelzinho, etc, então tudo voltou ao normal, já estou de volta com a minha falta de sorte com prêmios em chips.

Macaco oi rs

eu nem queria mesmo

Então tá, lindos, até a próxima aventura sem graça da minha vida 🙂

Beijos, bom dia sol, bom dia flowers!

IT Dept.

E aí que eu não postei na quinta. Grandes merda. Estava muito ocupado fazendo sexo trabalhando e/ou dormindo.

Mas como vocês me amam,

https://bomdiaflowers.files.wordpress.com/2014/03/susana-curriculo.gif

todos me amam

vim contar aqui como foi meu feriadão de carnaval, mas só a parte que interessa. Vocês não querem saber o resto 🙂

O boy e eu fizemos um joguinho WEEEEEEEEEE

Lembram da game jam? Pois é – não precisa ir na PUC uma vez por ano apenas pra fazer game jam, dá pra fazer em casa, igual pizza (não que eu vá deixar de ir nas próximas game jams na PUC, tá?)

E bem, começamos a nossa game jam sábado à noite, beeeeeeem à noite, escolhendo um tema.

E o tema foi surpresa… pra gente não saber qual seria antes de começar a trabalhar, euzinho resolvi umas semanas antes que nosso tema seria o primeiro tema para jogos dado pelo experimentalgameplay.com. Adivinha o que era?

Failure Theme

tradução: falha, erro

Tema meio fodinha, viu? Mas bem melhor que o da Global Game Jam, que ficou mega amplo e acabou perdendo a graça.

Fizemos um brainstorming bem básico, debatemos um pouquinho, e mais ou menos montamos como seria o jogo nas nossas cabeças. E foi só no sábado.

Domingo dormimos literalmente o dia inteiro, começamos a trabalhar perto de 17h, ele na arte visual, e eu na “programação”. Sabe que ferramentas a gente utilizou? Construct 2, e Paint! Sim, Paint! 🙂

Trabalhamos domingo até umas 3h da manhã, e terça novamente, de tarde até umas 3h da manhã. Terça fomos no mercado de madrugada comprar pizza, sempre foi meu sonho ir no mercado às 3h da manhã ❤

E guess what? O jogo ficou pronto! E ficou ÓTIMO!

IT Dept.

tela inicial do jogo

Sério, deu tempo de fazer tudo, e ficou muito divertido! É um jogo bem difícil, acho que vocês deveriam jogar… é só clicar aqui, de preferência usando o Google Chrome, que roda o jogo mais rápido do que os outros browsers.

A Chuck tentou jogar e não gostou, por exemplo, por estar tudo em inglês. Então eu vou resumir a ideia: você é o chefe do departamento de TI de uma empresa, e tem que resolver os tickets. Você recebe os tickets pelo telefone, e a pessoa que estiver precisando de ajuda vira uma janelinha vermelha no prédio. Pra resolver o problema são três opções: Passar antivírus, Arrumar a internet ou Trocar o equipamento. Claro que como os usuários em geral não sabem o que está acontecendo, a pessoa de TI tem que adivinhar o que é o problema.

E por aí vai… até o ponto em que o telefone não para de tocar. O jogo acaba quando existirem mais de 50 tickets em aberto (janelas vermelhas), e o jogador é demitido.

Fired

TÁ DEMITIDO!

E como o mundo gira em torno do Facebook, dá pra jogar o jogo lá também, e curtir a fanpage, e compartilhar score lá (e no twitter também).

Legal né?

Adorei o resultado, foi muuuuuito mais legal do que a Global Game Jam ^^

E agora, lindos, por favor, joguem e compartilhem e curtam e etc, please 😀

Prestigiem aí o trabalho dos game developers de garagem 🙂

Bom jogo pra vcs, e boa noite lua boa noite stars!

banana não né [2]

O título desse post é uma homenagem a um episódio que aconteceu mil e quinhentos anos atrás, quando eu ainda morava em Joinville, e na pizzaria fui pedir vitamina, dúvida sobre morango ou banana, e a ~garçonétch~ vem e diz “banana não né“, por motivos de ela estava me cantando, coitada.

A história de hoje (que na verdade aconteceu há mais de uma semana) também tem banana. É uma receitinha de ~sorvete~ que a @joicebraga passou pra galere do trabalho há uns dias, teoricamente light e teoricamente delicious.

A receita é assim…

Você vai precisar de…

Banana

uma banana

Chocolate em pó

1 colher de sopa de chocolate em pó

Modo de preparo: congele a banana. Sim, congele a banana, simples assim. Quando estiver congelada, você descasca (essa parte é chatérrima), e bate no mixer (eu fiz no processador, também dá) com uma colher de sopa de chocolate em pó.

Só isso, tá pronto! E fica assim

~Sorvete de banana~

não é coco, é ~sorvete~

A ideia inicial é que tivesse gosto de sorvete, daqueles bem bons. Mas como toda receita que eu descubro e faço, tem um detalhe especial, então atenção para a decepção: tem gosto de “banana com chocolate”, e não gosto de sorvete.

Pois é. Depressive feelings.

Mas enfim, fikdik pra não fazer (ou fazer se você gostar muito de banana RSSSSSSS)

Mais um assuntinho importante: todo mundo aí já percebeu a falta de regularidade dos posts, né? Então… não estamos mais em 2013, não tem mais tanta coisa acontecendo, então não tenho mais pauta e por isso menos posts. Só pra explicar, ok? Tipo, devo satisfação pros 3 leitores rssss

Então bom dia sol bom dia flowers pra vocês, e bom carnaval 😀