aniversário do blogs!

OE GALERE!

Special edition hoje, devido ao aniversário de 4 anos de blogs!

Então queria deixar um recado especial aqui pra vocês…

Primeiros comments do blogs

credibilidade 100%

Deu pra ver que todo mundo acreditou desde sempre no futuro do blogs etc, né, então gostaria de dizer a todos apenas: CHUUUUUUUUPAAAAAAAAAAAAAAA SEUS AGOURENTOOOOOOOOOOOS!

rssssssss

Ok, brinks, brigads a todos pela presença no blogs etc, 4 anos passaram, e provavelmente não vamos chegar aos próximos 4 anos por motivos de sou eu né, té parece que eu aguento mais quatro anos de Bom dia sol, bom dia flowers!

Eu hein!

♫ ♪ aquele braço ♪ ♫

Vamos pedir uma licencinha no post de opinião para fazer um post de história, porque hoje tem coisa

Lembram do braço que eu quebrei?

Braço machucado

cortei a barriga fora da foto só porque vocês pediram

Bom, como vocês podem ver, eu estou com ele machucado. Mas o episódio que eu vou contar pra vocês hoje serve pra provar que o osso está coladinho, pois senão não teria sobrevivido intacto.

A história é a seguinte:

Estava eu ontem numa feishta. Sim, feishta na quarta-feira mesmo, sempre tem alguém que não trabalha e acha que uma festa numa quarta-feira é algo plausível.

Eu feliz que estava, tinha dois copos, um em cada mão, ambos cheios das saqueirinhas de morango, dado que morango é pouco calórico, e saquê é pouco… alcoólico(?)

Alguém que estava na festa não conhecia saqueirinha, provou, não gostou, e foi assim eu conquistei o segundo copo simultâneo. Whatever, o que importa é que saqueirinha de morango demora pra subir, e por ser delicious, e a feishta ser open bar, lá fomos nós perder o controle e a dignidade.

Detalhe importante: festa em apartamento. No quinto andar. Com gente bêbada. Com janela aberta. Com eu bêbado.

Pois é.

E aí num dos momentos de dancinha e etc, eu perto da janela, me encostei na parte fechada do vidro e aí WHOOOOOHOOOOOOO! a parte fechada na verdade estava aberta e lá fui eu voar janela afora.

Para minha felicidade, eu caí em cima do toldo da entrada do prédio, que amorteceu a queda, e eu consegui escorregar dali para o chão suavemente, arranhando o braço na parede do prédio enquanto escorregava.

Fachada

o toldo fatídico

E não, a vida não passa na frente dos nossos olhos quando a gente cai do quinto andar e acha que vai morrer. Porque é claro, é tudo BRINKS!

Não é essa a história, esse toldo é em NYC, como vocês podem ter visto pela placa NO STANDING ANYTIME SETINHAS

A história é a seguinte:

Eu estava dirigindo em direção a COOOOLOMBOOOOO por motivos escusos que não contarei, visto que né… é Colombo. E aí eis que numa das alças que entram na rodovia EIS QUE SURGE um carro baleado:

Perseguição

assim

Ai que susto!

No susto quase capotei, porque como ele veio pra cima de mim, foi difícil de desviar, mas eu consegui escapar. E eu até buzinei, eu que praticamente nunca buzino.

Quando ele passou por mim e eu vi o carro todo baleado, pensei “PUTZ! Vem mais gente por aí!” E não deu outra, logo depois dele estava entrando pela rampa outro carro, com um maluco meio transparente, de metralhadora na janela e cabelos de medusa. E o tiroteio rolando. Reação automática: fugir dali. Peguei a primeira saída da rodovia em direção a Curitiba.

Claro que eu não fui o único a ter essa ideia. Mais gente veio fugindo da perseguição alheia, e um caminhão imenso me fechou, e eu acabei raspando o carro todo do lado, contra a mureta, me batendo por dentro do carro também. Daí os machucados no braço.

Foda, escapar de dois carros vindo a toda de fora pra dentro na rodovia, e acabar sendo esmagado por um caminhão.

Era pra ser mesmo, visto que né…

Era mentira.

BRINKS!

Ok, também não foi isso que aconteceu.

A história é a seguinte:

Fui a um protesto.

Protesto na Praça do Japão em Curitiba

galera lotando a praça do japão e a av República Argentina

Encontrei o protesto enquanto…

BRINKS!

Ok, essa certamente não foi essa história. Essa aconteceu de verdade e tudo, mas foi ano passado.

A história é a seguinte:

Eu entrei numa briga.

Com um macaco.

Porque ele me assaltou.

BRINKS!

Ok, parei.

O que aconteceu de verdade foi… eu estava saindo do trabalho ontem, e no meio do estacionamento, tropecei numa lajota mal encaixada e PAFT! Menine voador aterrisa no chão de lajotas do estacionamento e rala o braço.

E o joelho.

E ninguém viu 🙂

E hoje só duas pessoas repararam nos machudados, mas eu bem besta vim contar, porque como o post é de opinião, eu queria saber a opinião de vocês a respeito de outra coisa…

Eu sou um bom contador de histórias né?

Forrest Gump

– siiiiiiiiiim

Então torçam por mim, porque a editora prometeu que a partir de março vai ter um parecer se publica ou não o meu livro!

Quanta ansiedade!

E ah, falta UM MÍSERO LIKE na fanpage pro blogs chegar em 100. Quem será que vai ser o centésimo liker que ganhará uma IOGURTEIRA TOP THERM?

BRINKS!

Boa noite lua, boa noite stars, menines!

Correção – acabei de ver que já deu 100 likes. Perderam uma TOP THERM hein…

IT Dept.

E aí que eu não postei na quinta. Grandes merda. Estava muito ocupado fazendo sexo trabalhando e/ou dormindo.

Mas como vocês me amam,

https://bomdiaflowers.files.wordpress.com/2014/03/susana-curriculo.gif

todos me amam

vim contar aqui como foi meu feriadão de carnaval, mas só a parte que interessa. Vocês não querem saber o resto 🙂

O boy e eu fizemos um joguinho WEEEEEEEEEE

Lembram da game jam? Pois é – não precisa ir na PUC uma vez por ano apenas pra fazer game jam, dá pra fazer em casa, igual pizza (não que eu vá deixar de ir nas próximas game jams na PUC, tá?)

E bem, começamos a nossa game jam sábado à noite, beeeeeeem à noite, escolhendo um tema.

E o tema foi surpresa… pra gente não saber qual seria antes de começar a trabalhar, euzinho resolvi umas semanas antes que nosso tema seria o primeiro tema para jogos dado pelo experimentalgameplay.com. Adivinha o que era?

Failure Theme

tradução: falha, erro

Tema meio fodinha, viu? Mas bem melhor que o da Global Game Jam, que ficou mega amplo e acabou perdendo a graça.

Fizemos um brainstorming bem básico, debatemos um pouquinho, e mais ou menos montamos como seria o jogo nas nossas cabeças. E foi só no sábado.

Domingo dormimos literalmente o dia inteiro, começamos a trabalhar perto de 17h, ele na arte visual, e eu na “programação”. Sabe que ferramentas a gente utilizou? Construct 2, e Paint! Sim, Paint! 🙂

Trabalhamos domingo até umas 3h da manhã, e terça novamente, de tarde até umas 3h da manhã. Terça fomos no mercado de madrugada comprar pizza, sempre foi meu sonho ir no mercado às 3h da manhã ❤

E guess what? O jogo ficou pronto! E ficou ÓTIMO!

IT Dept.

tela inicial do jogo

Sério, deu tempo de fazer tudo, e ficou muito divertido! É um jogo bem difícil, acho que vocês deveriam jogar… é só clicar aqui, de preferência usando o Google Chrome, que roda o jogo mais rápido do que os outros browsers.

A Chuck tentou jogar e não gostou, por exemplo, por estar tudo em inglês. Então eu vou resumir a ideia: você é o chefe do departamento de TI de uma empresa, e tem que resolver os tickets. Você recebe os tickets pelo telefone, e a pessoa que estiver precisando de ajuda vira uma janelinha vermelha no prédio. Pra resolver o problema são três opções: Passar antivírus, Arrumar a internet ou Trocar o equipamento. Claro que como os usuários em geral não sabem o que está acontecendo, a pessoa de TI tem que adivinhar o que é o problema.

E por aí vai… até o ponto em que o telefone não para de tocar. O jogo acaba quando existirem mais de 50 tickets em aberto (janelas vermelhas), e o jogador é demitido.

Fired

TÁ DEMITIDO!

E como o mundo gira em torno do Facebook, dá pra jogar o jogo lá também, e curtir a fanpage, e compartilhar score lá (e no twitter também).

Legal né?

Adorei o resultado, foi muuuuuito mais legal do que a Global Game Jam ^^

E agora, lindos, por favor, joguem e compartilhem e curtam e etc, please 😀

Prestigiem aí o trabalho dos game developers de garagem 🙂

Bom jogo pra vcs, e boa noite lua boa noite stars!

banana não né [2]

O título desse post é uma homenagem a um episódio que aconteceu mil e quinhentos anos atrás, quando eu ainda morava em Joinville, e na pizzaria fui pedir vitamina, dúvida sobre morango ou banana, e a ~garçonétch~ vem e diz “banana não né“, por motivos de ela estava me cantando, coitada.

A história de hoje (que na verdade aconteceu há mais de uma semana) também tem banana. É uma receitinha de ~sorvete~ que a @joicebraga passou pra galere do trabalho há uns dias, teoricamente light e teoricamente delicious.

A receita é assim…

Você vai precisar de…

Banana

uma banana

Chocolate em pó

1 colher de sopa de chocolate em pó

Modo de preparo: congele a banana. Sim, congele a banana, simples assim. Quando estiver congelada, você descasca (essa parte é chatérrima), e bate no mixer (eu fiz no processador, também dá) com uma colher de sopa de chocolate em pó.

Só isso, tá pronto! E fica assim

~Sorvete de banana~

não é coco, é ~sorvete~

A ideia inicial é que tivesse gosto de sorvete, daqueles bem bons. Mas como toda receita que eu descubro e faço, tem um detalhe especial, então atenção para a decepção: tem gosto de “banana com chocolate”, e não gosto de sorvete.

Pois é. Depressive feelings.

Mas enfim, fikdik pra não fazer (ou fazer se você gostar muito de banana RSSSSSSS)

Mais um assuntinho importante: todo mundo aí já percebeu a falta de regularidade dos posts, né? Então… não estamos mais em 2013, não tem mais tanta coisa acontecendo, então não tenho mais pauta e por isso menos posts. Só pra explicar, ok? Tipo, devo satisfação pros 3 leitores rssss

Então bom dia sol bom dia flowers pra vocês, e bom carnaval 😀