buenos aires! dia 8

subteHOLAA!

Hoje teoricamente teríamos um dia cheio, então era bom acordar cedo… béééé! Acordamos quase 10h, etc etc e comemos qualquer coisa no hotel mesmo, e logo depois:

ALFAJOR!

O Primeiro alfajor do dia: My Urban

Alfajor My Urban

My Urban

A embalagem parece de camisinha hahaha e o alfajor é bom, e o interessante é que ele não é caro, mas não lembro o preço também.

Anyway… subte linha D, estação Pueyrredon, que era a mais próxima da Recoleta (na teoria), e começamos os passeios marromeno às 11h pelo Cemitério da Recoleta. É um “show de arquitetura em miniatura”, os túmulos devem ter uns 2 metros de altura ou mais, e a maior parte deles é bonito mesmo, mas tem muuuuuuita coisa mal cuidada também.

O túmulo da Evita está lá, escondidinho no meio de um monte de outros, mas dá pra achar porque sempre tem alguém em volta.

Túmulo Evita

SEMPRE tem flores no túmulo dela

Dali seguimos por uma praça que tem na frente, mas que não sei o nome, tem diversas cabines telefônicas daquelas vermelhas de Londres ali (?), alguém sabe o nome? Tem umas árvores IMENSAS, uma árvore inteira dá mais que uma rotatória.

Árvore

imensa árvore na praça esqueci o nome

Nessa mesma praça tem uma entrada de um shopping chamado Buenos Aires Design, que é cheio de coisinhas fofas à la Imaginarium, e onde fica o Hard Rock Cafe também, que nós até chegamos a subir as escadas pra entrar, mas chegando na entrada interna desistimos e fomos embora… mas temos uma foto da fachada 😀

Hard Rock Cafe

pobres só tiram foto da fachada rsss

O passeio continuou no Museu de Belas Artes, que tem muuuuuita coisa conhecida, tipo Manet, Monet, Rodin, Candido López, Renoir, Degas, Cézanne, Charles Chaplin (siiim!) e até um Van Gogh! Mas Picasso não tinha (a @Lo_wski disse que tinha), cadê a graça se não tem um Picasso né? RSSS 😦

Renoir

Renoir

 

Cézanne

Cézanne

Do lado do museu fica a Facultad de Derecho: a fachada parece um templo romano, é maravilhoso.

Facultad de Derecho

pq Direito é algo Romando -AFFFF APAGAR

Logo do lado dela tem a famooosa Floralis Genérica:

Floralis Generica

Floralis Generica

Essa ~escultura~ (ou como se chamaria isso?) é uma flor (AH, É?) que abre abria com o nascer do sol e fecha fechava com o pôr-do-sol. Mas agora ela está velha e estragada, então não funciona mais 😦

“Almoçamos” às 15h no shopping Paseo Alcorta… esse sim não tem muita diferença em relação aos shoppings do resto do mundo… pra variar, comida argentina em grande quantidade e super quente 🙂
Dali fomos pro Malba, que é o museu onde está o Abapuru, da Anita Malfatti. A decoração de fora está cheia de bolinhas vermelhas fofas, porque sei lá quem está expondo algo nesse sentido e eles colocaram umas faixas nas árvores e pontos de ônibus pra combinar.

Bolinhas

árvores com bolinhas ^^

Mas adivinha? Tuesdays: closed.

Mimimi

Vamos tentar amanhã de novo.

O último ponto turístico foi a Biblioteca Nacional, um prédio muito divertido, que só vendo fotos mesmo pra explicar (é que estou exausto)

Floralis Generica

bizarro né?

Depois de tudo isso a gente se arrastou até a estação de subte e voltamos pro hotel

ALFAJOR!

O segundo do dia (e provavelmente o mais barato do mundo, pq tinha promos de 4 deles por 5 pesos): Guayamallen.

Alfajor Guayamallen

Guayamallen

Achei bizarro, o recheio é bom, mas a cobertura é chocobanha também, não gostei muito. Mas enfim… já comemos piores.

E pois é… a essa altura do turismo, alguém aí deve estar se perguntando: se estamos em buenos aires, ONDE RAIOS está o bife de chorizo? Estava no Don Julio, restaurante super turístico no Palermo Soho, que é conhecido por as pessoas assinarem seus vinhos, e eles guardam nas prateleiras, à vista de todos. E guess what? Pedi um vinho (claro que dos “mais baratos” pq eu não entendo muito e não sou tão ryca) e eu e a @Lo_wski assinamos e vimos ele colocar nossa garrafa à mostra ❤

Vinho Don Julio

pq somos Will & Grace

Claro que rolou um merchan, exatamente como no Burger Joint 🙂

E claro que por ser um lugar top top top, lá se foram 459 pesos e mais 60 de táxi pra carregar os estômagos cheios e as cabeças bêbadas pro hotel né hehehehe

Mas se até então não tínhamos feito nada de caro, ao menos agora podemos falar que o Don Julio VALE os 459 pesos. A comida é ótima, o atendimento é maravilhoso e por aí vai, a gente só não sabia que a conta seria tão alta porque nenhum outro blog se prestou a dizer que esse era o preço, então:

Dica do dia:

Don Julio é caro. Mas vale a pena 🙂

E ah, sim, depois de tanta comida boa aqui na Argentina, eu, sinceramente, do fundo do coração, sem ofensas, etc, etc, achei o bife de chorizo a comida mais sem graça daqui (notem que todas as comidas até agora foram maravilhosas). Por favor, não me julguem.

Passeios quase no fim, gentes, só mais um pouquinho 😛

Besitos e até amanhã!

AHH SIM!

Curiosidade:

Essa não é relacionada ao post, mas uma coisa que reparei aqui é que argentinos tem cara de argentinos, tipo japonês, que é tudo igual, sabe? Pois é… argentino também… e o pior… argentino é feio, credo! Acho que eu não pegaria, viu… eles em geral tem os dentes podres ou algo do gênero, e pra se diferenciar uns dos outros, eles fazem uns cabelos bizarros que vou te contar hein… Mas ao menos eles são magros (não sei como, pela quantidade que se come aqui, não dá pra entender), a maioria ao menos é…

Enfim, agora sim, besitos e até amanhã!

Anúncios

  1. mas cooooooooomo ousa dizer que argentinos são feios???
    tá procurando no lado errado de Buenos Aires, gente! hahahahahaha!
    (fala a pessoa que curte esse cabelinho numa vibe mullets)

  2. nesse don julio meu namorado encheu as tampa de vinho e virou uma taça de tinto no meu casaco branquinho 😀 sorte que a comida é maravilhosa senão era o fim de um relacionamento

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s